• Seg 09 Maio 2016

    Festival DDD com 70% de ocupação e primeiros nomes para 2017

    A organização do Festival DDD – Dias da Dança informa que a 1ª edição registou uma taxa de ocupação média em sala de 70%. Ao longo de 11 dias, o festival apresentou no Porto, em Matosinhos e em Gaia, um programa com 27 espetáculos e um total de 50 sessões.

    Das 30 sessões realizadas nos diferentes espaços de apresentação do festival, 22 esgotaram. Decorreram ainda 20 apresentações no espaço público, em locais de grande fluxo de transeuntes, nomeadamente nas principais estações de Metro e centro das três cidades que acolheram o Festival.

    Entre artistas, equipas e programadores convidados, o festival acolheu 264 pessoas, 20 programadores nacionais e 20 internacionais, de França, Áustria, Brasil, Espanha, Coreia do Sul e República Checa.

    A primeira edição do Festival DDD foi coorganizada pelos três municípios da Frente Atlântica – Porto, Matosinhos e Gaia – e contou com as parcerias entre o Teatro Municipal do Porto – Rivoli e Campo Alegre, a Fundação de Serralves, o Teatro Nacional São João, o Coliseu Porto, a mala voadora.porto, o Cine-Teatro Constantino Nery, o Auditório Municipal de Gaia, o Armazém 22 e o Balleteatro Escola Profissional.

    O Festival DDD já tem data marcada para o próximo ano, de 27 de abril a 13 de maio, e irá contar com a apresentação de espetáculos “Mahler Projekt”, de Alain Platel, “BiT”, de Maguy Marin, e “Celui Qui Tombe”, de Yoann Bourgeois.

    Fotografia © José Caldeira