• Qua 26 Abril 2017

    DDD ALÉM ESPETÁCULOS

    O Festival DDD – Dias da Dança não se esgota, pelo contrário, renova-se e expande-se: “Freaks da Dança”, “Isto não é uma crítica” e “DDD Slow” são exemplos de projetos movidos com o objetivo de celebrar a dança.


    O projeto “Freaks da Dança” pretende fazer dos espetáculos um ponto de encontro e, simultaneamente, o ponto de partida de um grupo de pessoas. Os “Freaks” são espectadores de diferentes faixas etárias e formações que se dispõem a assistir a todos os espetáculos do festival. Posto isto, esperam-se momentos de discussão e partilha das experiências que cada um viveu, segundo o seu contexto pessoal, a partir do que viu nos diversos palcos do DDD.


    Também o “Isto não é uma crítica” parte da visão de vários indivíduos sobre diferentes espetáculos do DDD. No entanto, o projeto pretende tirar a carga avaliativa que o termo “crítica” aporta, para que se possa valorizar a perceção que cada um faz sobre os espetáculos. Todos os textos produzidos no âmbito deste projeto estarão disponibilizadas no site do DDD, bem como no Meeting Point do festival – o renovado Café-Rivoli.


    Por fim, o “DDD Slow” convida os espectadores, antes de cada espetáculo, a fazer as honras da casa, com um passinho de dança. Em cada espaço de apresentação do festival, estará delimitada uma pequena pista de dança destinada a todos os convidados amantes dos slows de outros tempos.

    Fotografia © Teresa Santos e Pedro Tropa
    Pedro Barateiro, "Plateia" 2008
    Coleção Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa