• Qua 06 Abril 2016

    Apresentação oficial da programação

    No dia 6 de abril, foi apresentada no Café-Concerto do Teatro Rivoli a programação do Festival DDD – Dias Da Dança, que se realiza de 27 de abril a 7 de maio no Porto, Matosinhos e Gaia. Nesta primeira edição, o festival vai apresentar um total de 27 espetáculos, dos quais seis estreias nacionais por artistas internacionais e sete estreias absolutas por artistas locais.

    A apresentação do programa do festival ficou a cargo de Tiago Guedes, Diretor Artístico do Festival DDD e do Teatro Municipal do Porto. Esta primeira edição é constituída por 27 espetáculos e outras atividades que se dividem por três áreas específicas: DDD IN, que corresponde aos espetáculos apresentados em sala; DDD Out, que em parceria com o Balleteatro e reformulando o conceito da iniciativa “Corpo + Cidade” se traduz numa programação para o espaço público das três cidades; e DDD Extra, constituído por masterclasses, workshops, encontros, cinema e meeting point.

    Na programação do DDD IN, no contexto internacional, destaque para as estreias em Portugal dos espetáculos “Aringa Rossa” da coreógrafa italiana Ambra Senatore, de “Sudando el Discurso” do bailarino catalão Aimar Pérez Galí e da mais recente criação de Raimund Hoghe, “Songs for Takashi”, que marca o regresso do coreógrafo alemão ao Porto, um ano depois de ter apresentado “An Evening with Judy” e “Quartet”, no Teatro Rivoli.

    Relativamente ao panorama nacional, o programa assenta na ideia de ter várias gerações de coreógrafos presentes. De um lado, Vera Mantero, João Fiadeiro, Né Barros, Marlene Monteiro Fretas e Miguel Pereira, que se apresentam com algumas das suas mais recentes criações; do outro, uma geração mais nova de artistas locais, como Bruno Senune, Cristina Planas Leitão, Mara Andrade, Dinis Machado, Gonçalo Ferreira, André Mendes, Joana Castro e Flávio Rodrigues.

    Considerado o “músculo do festival”, a secção DDD Extra visa a complementaridade dos espetáculos com encontros, onde se destacam a presença de Aimar Pérez Galí em cinco escolas da Frente Atlântica com uma versão reduzida do projeto “Sudando el Discurso” e o encontro “Diz Que Diz”, onde serão debatidos os desafios, os problemas e as condicionantes da dança contemporânea, tendo três participantes como convidados: Nayse Lopez, diretora artística do Festival Panorama (Rio de Janeiro), Rio Rutzinger, do Impulstanz Festival (Viena) e Abraham Hurtado, da plataforma artística AADK. A Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto acolhe o projeto “Bodied Spaces”, para uma conversa entre a artista Barbara Holub com Ana Rita Teodoro sobre a performance em espaço público. No Coliseu Porto, a coreógrafa Né Barros vai moderar um encontro a partir do livro “O Lugar do Corpo – Elementos para uma cartografia fractal”, de Paulo Cunha e Silva. Por fim, a Fundação de Serralves recebe o “Projekto Ninfa”, com duas conferências por Georges Didi-Huberman e Victor I. Stoichita sobre os dois espetáculos de Marlene Monteiro Freiras, “Jaguar” e “De Marfim e Carne – as estátuas também sofrem”, e, no Rivoli, o encontro “A.D./ Arquivo Dançante #1 Transplantes Temporais”, do Núcleo de Experimentação Coreográfica.

    Serão também promovidas quatro masterclasses com Ambra Senatore, Aimar Pérez Galí, Raimund Hoghe e João Fiadeiro, dois workshops com Elisabeth Lambeck e António Onio, várias conversas pós-espetáculos e uma sessão de cinema, “A Dança Expressionista Alemã”, em parceria com a Cinemathèque de la Danse de Paris.

    Para esta primeira edição do Festival DDD – Dias Da Dança foram estabelecidas parcerias entre o Teatro Municipal do Porto – Rivoli e Campo Alegre, Fundação de Serralves, Teatro Nacional São João, Coliseu Porto, mala voadora — Porto, Cine-Teatro Constantino Nery (Matosinhos), Auditório Municipal de Gaia e Armazém 22 (Gaia) e Balleteatro.

    De 27 de abril a 7 de maio, o Festival DDD - Dias da Dança apresenta 27 espetáculos em dez espaços dos parceiros referidos acima, incluindo o espaço público das três cidades coorganizadoras, num total de cerca de 50 apresentações.


    Fotografia © José Caldeira